CEDErva acompanha visita a campo da equipe do Programa de Extensão Universidade Sem Fronteiras

Nesta última terça-feira, 19 de julho, o CEDErva participou de uma visita a campo com a equipe do projeto “Educação Ambiental no Contexto dos Sistemas Tradicionais e Agroecológicos da Erva-Mate: Valorização Cultural e Produção Socioeconômica da Agricultura Familiar em Inácio Martins.” O projeto de extensão está liderado pelos Profs. Robson Laverdi e Alessandra Izabel de Carvalho do Departamento de História da Universidade Estadual de Ponta Grossa e apoiada pelo Programa de Extensão Universidade Sem Fronteiras. Ao longo da visita, a equipe, que inclui recém graduados e alunos do curso de História, teve a oportunidade de conhecer os sistemas de produção tradicional de erva-mate nas propriedades de agricultura familiar que são o foco das atividades do projeto de extensão piloto no município de Inácio Martins.

A primeira visita ocorreu pela manhã no Faxinal do Emboque, uma comunidade faxinalense de São Mateus do Sul. O grupo foi recebido pela família Wenglarek, membros do projeto SIPAM, que apresentou as práticas de manejo do erval e uso da propriedade bastante específicos de comunidades faxinalenses, especialmente pela criação de animais soltos em áreas de uso coletivo da comunidade.

No período da tarde, os estudantes puderam conhecer a propriedade da família Kosloski e Silva, na região de Barra Bonita, município de São João do Triunfo. Na propriedade, a família conduz uma agroindústria familiar, onde processam e embalam erva-mate para chimarrão e chás sob a marca 5 Estrelas. A erva-mate produzida pela família é a única comercializada na região com selo de produto orgânico por certificação participativa da Ecovida. A ervateira Kosloski e Silva também é signatária do Observatório dos Sistemas Tradicionais e Agroecológicos de Erva Mate e membro do projeto SIPAM.

Universidade Sem Fronteiras

O projeto “Educação Ambiental no Contexto dos Sistemas Tradicionais e Agroecológicos da Erva-Mate: Valorização Cultural e Produção Socioeconômica da Agricultura Familiar em Inácio Martins”, tem como objetivo desenvolver um programa de educação ambiental piloto no município de Inácio Martins em colaboração com professores e jovens. O foco do projeto é de incentivar uma maior compreensão da importância das práticas agroflorestais e agroecológicas tradicionais e valorizar as contribuições culturais, ecológicas e socioeconômicas desses sistemas. Para tanto, pretende-se desenvolver e implementar módulos didáticos-pedagógicos sobre a história e os benefícios socioambientais acerca dos significados culturais dos sistemas tradicionais e agroflorestais de erva-mate na região Centro-Sul do Paraná, a partir do município de Inácio Martins. Atuando com professores do ensino fundamental das escolas públicas do município, pretende-se criar e conectar uma rede de conhecimentos entre professores, bolsistas e parceiros do projeto.


Fotos: Brenda Rotter/ Equipe CEDErva.