Novas interpretações da história ambiental e cultural da erva-mate tornam-se capítulo de livro

Uma releitura sobre a história da erva-mate no contexto da América do Sul colonial transformou-se em capítulo de um livro recentemente lançado pela editora Oikos, da cidade de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. O livro "A Ação Global da Companhia de Jesus: embaixada política e mediação cultural" é resultado das discussões desenvolvidas ao longo da XVII Jornadas Internacionais sobre as Missões Jesuíticas, sediado pela UNISINOS, onde pesquisadores que integram o CEDErva levaram à discussão a relação cultural e histórica do consumo da erva-mate na região da bacia do Rio da Prata ao longo dos séculos XVI e XIX.


O estudo publicado representa uma nova possibilidade para refletirmos acerca do consumo da erva-mate, suas origens e trajetórias ao longo do tempo e espaços. Práticas aplicadas aos ervais adensados em sistemas tradicionais podem ter surgido há muito mais tempo do que pensamos.


Para acessar ao capítulo na íntegra, basta clicar no link abaixo, fazer o download e aproveitar a leitura!


NIMMO, Evelyn R. NOGUEIRA, João F. M. M. Sementes da discórdia: o plantio e comércio de erva-mate no contexto missioneiro e colonial na América Platina. In: A ação global da Companhia de Jesus: embaixada política e mediação cultural. FLECK, E. C. D ROGGE, J. H. orgs. Editora Oikos. São Leopoldo, 2019. p. 376-404. Arquivo em PDF.