top of page

Relatório da 7ª Oficina Regional do Programa SIPAM

A sétima oficina regional do programa SIPAM dos Sistemas Tradicionais e Agroecológicos de Erva-mate na Floresta com Araucária, Brasil, aconteceu no município de Cruz Machado (PR), em 22 de abril de 2023, na comunidade de Linha dos Couros. Promovida pelo Observatório dos Sistemas Tradicionais e Agroecológicos de Erva-mate, o encontro contou com apresentações sobre o Programa e promoveu rodas de conversas e diálogos focados nas discussões acerca do manejo da erva-mate dentro de fragmentos florestais na área rural do município que tem suas produções agrícolas centradas em culturas como o feijão e milho.


A oficina contou com a presença de 45 agricultores e agricultoras da região, tendo como objetivo partilhar ações coletivas e de economia solidária entre a comunidade. Dentre os presentes, havia desde agricultores que cultivam exclusivamente erva-mate sombreada há décadas, até trabalhadores citadinos que se interessam em experienciar esse tipo de produção. Além de produtores e moradores da comunidade em geral, estavam presentes membros do Observatório dos Sistemas Tradicionais e Agroecológicos de Erva-mate, da Embrapa Florestas, do IDR-PR, do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Cruz Machado e da Secretaria Municipal de Agricultura.


Dando seguimento às atividades do Programa, a Oficina teve como objetivo principal promover o encontro e compartilhar das ações coletivas entre a comunidade SIPAM, que é composta pelas famílias agricultoras cadastradas, equipe de técnicos e pesquisadores, associações e instituições parceiras no projeto com as comunidades de agricultores familiares em que a erva-mate é manejada.


Além da apresentação do projeto e discussões das ações realizadas nas comunidades, houve também a apresentação, pela comunidade, de suas dificuldades e seus anseios para o futuro da erva-mate tradicionalmente produzida. Através de uma visita ao erval da família Krum, que é utilizada como um laboratório a céu aberto, foram discutidos os sistema de poda e de plantio a partir das matrizes da propriedade.


O relatório disponibilizado a seguir reúne o itinerário da Oficina, as atividades desenvolvidas e as discussões levantadas durante o encontro, traz também fotos do evento e outros momentos de diálogos no erval da família Krum. A importância do conhecimento tradicional no manejo da erva-mate para as famílias de erveiros e para a cultura regional também é discutida na publicação. A produção de erva-mate do Centro-Sul e Sudeste do Paraná envolve cerca de 7 mil estabelecimentos rurais da agricultura familiar e de comunidades tradicionais, cultivados de maneira agroecológica junto a fragmentos de Floresta com Araucária, do qual a planta é uma espécie nativa, agregando conhecimentos e saberes tradicionais e ancestrais.


Para acessar o relatório completo da 7ª Oficina, clique aqui.

Fotos: Equipe CEDErva.


Comments


bottom of page